cirurgia bariátrica

Entenda porque há perda de cabelo após a cirurgia bariátrica

De acordo com estatísticas apresentadas pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), foram realizadas mais de 105 mil gastroplastias no Brasil em 2017. Porém, além dos benefícios, é importante conhecer os possíveis efeitos colaterais da cirurgia.

Você sabia que a perda de cabelo é uma ocorrência comum? Nesse texto, irei explicar os motivos que fazem com que essa situação aconteça.

O que é a cirurgia bariátrica?

A gastroplastia é uma cirurgia que tem por objetivo reduzir a capacidade do estômago do paciente e, em alguns casos, desviar o caminho do intestino para promover a sensação de saciedade com menor ingestão de alimentos.

Ela é uma excelente alternativa para tratar a obesidade, mas é um procedimento complexo que oferece riscos ao paciente. Por isso, é a última instância de tratamento para pessoas obesas.

Por que ocorre a perda de cabelo após a cirurgia?

A queda de cabelo e a calvície são condições comuns em homens, mas que também afetam as mulheres. Geralmente, elas têm origem na genética familiar ou em fatores emocionais, hormonais e ambientais.

Perder cerca de 100 fios de cabelo por dia é considerado normal e comum a todas as pessoas. Quando a queda é mais intensa e repentina, pode indicar a presença de algum problema no organismo e um médico deve se procurado.

Contudo, esse é uma condição observada com frequência em pacientes que realizaram a cirurgia bariátrica. A justificativa está na deficiência de nutrientes, ocasionada pela rápida perda de peso.

Quando o organismo recebe menos vitaminas do que necessita, ele produz sinais de que algo não está bem. Os cabelos são os primeiros a sentir o desequilíbrio nutricional e tendem a ficar mais fracos e quebradiços, o que provoca a sua queda.

Como prevenir?

A cirurgia bariátrica demanda uma profunda adaptação do organismo em diversos aspectos. O procedimento não se limita apenas ao estômago e ao intestino, ele gera reflexos em várias partes do corpo.

O desvio do intestino realizado na técnica de bypass gástrico, é a principal causa da má absorção de cálcio, ácido fólico, vitamina B12 e ferro. Por isso, uma das principais recomendações do pós-operatório é a reposição vitamínica.

A queda de cabelo pode ser contornada por meio de um acompanhamento nutricional e pela suplementação alimentar do indivíduo operado. Essa suplementação deve ser efetiva, regular e constante para corrigir essa deficiência de nutrientes.

A normalização do quadro pode ser alcançada com a ingestão de proteínas, vitaminas A, B e C, ferro, zinco e selênio.

Quando existe um trabalho de acompanhamento por uma equipe multidisciplinar, a chance de ocorrer a queda intensa de cabelos diminui. Por isso, é recomendado que a cirurgia bariátrica seja realizada apenas em centros de excelência.

Entendeu a relação entre queda de cabelo e cirurgia bariátrica? Caso tenha interesse em realizar o procedimento, converse com um médico especializado para entender mais sobre o pós-operatório. Quer saber mais? Clique no banner!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp